Plataforma Colaborativa

No cenário de enfrentamento da Pandemia do COVID-19 e através de uma cooperação entre a UFSC, AMA, PET/ARQ e o IAB/SC, será iniciada uma pesquisa/extensão que visa desenvolver uma plataforma digital georreferenciada e colaborativa para o mapeamento de grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade socioambiental nos municípios da área conurbada de Florianópolis.

“Plataforma digital georreferenciada e colaborativa para o mapeamento de grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade socioambiental nos municípios da área conurbada de Florianópolis” 

Este projeto conta ainda com a parceria e financiamento do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina, CAU/SC.

A proposta visa oferecer uma ferramenta online para a sistematização e compilação de dados quantitativos e qualitativos a respeito de áreas de vulnerabilidade socioambiental.

Sua vantagem será a possibilidade de construção colaborativa das informações, assim como o georreferenciamento dos dados, obtendo, assim, legibilidade e precisão que permita sobreposição de informação; comparações; novas percepções sobre o território; e a identificação de lacunas de dados que estimulem seu desenvolvimento.

A proposta prevê que os dados sistematizados possam ser apropriados por órgãos públicos, no desenvolvimento de políticas públicas diversas, sobretudo aquelas voltadas para o enfrentamento de crises sanitárias; por acadêmicos, em atividades de ensino, pesquisa e extensão e; por movimentos sociais e sociedade civil em suas ações coletivas.  

O projeto conta atualmente com a participação de dez membros do AMA e PET/ARQ e terá a orientação do prof. Samuel Steiner dos Santos.